MYMK
GRIS
/  09_DEZ / 20:00HS  /

 

https://mymk.bandcamp.com/

 

Bruno Sres, natural de Brasília, é um compositor e artista sonoro cujo trabalho autoral, MYMK, mergulha em um repertório de minimalismo com doses de melancolia. O projeto tem lançado, desde 2015, álbuns por diferentes selos, tais como Low Kick High Punch (Berlim/Brasil), SØVN (França), Sounds et al e Beacon Sound (Estados Unidos). MYMK está inserido em um exercício sobre colagens, texturas e camadas sonoras amparadas por um tratamento dos aspectos sensoriais — seja na compilação de sons sintetizados em processo de desintegração, seja na desconstrução de ritmos (ou em sua completa ausência).

 

Em compasso com o selo de Portland, Beacon Sound, MYMK lança em janeiro de 2021 The Amputees, uma obra voltada a arranjos mais imediatos e de instrumentação bastante processada. A proposta é, também, uma reflexão sobre o contexto das finitudes, em um cenário de desestruturação de garantias em sociedade.

 

O videoarte Gris, preparado para o Novas Frequências, explora o registro de um ensaio ocorrido em outubro de 2020, em espaço sonoro nos arredores dos blocos originalmente projetados para a composição da Unidade de Vizinhança São Miguel, na Asa Norte, em Brasília. Síntese, manipulação digital de ruídos em fita analógica e drone eletrônico se estruturam como uma proposta de sonoridades em constante contraste, orientada a uma certa sensação de solitude e beneficiada pela reverberação presente no cenário de edifícios brutalistas, no caso, o projeto arquitetônico de Mayumi Watanabe, o primeiro projeto de autoria feminina executado no Plano Piloto, em parceria com Sérgio Souza Lima.